Pai corta pénis a padre que abusou da filha de 9 anos - Risadas Soltas

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Pai corta pénis a padre que abusou da filha de 9 anos

Mase Malgas, um padre de 66 anos, perdeu a vida após ter sido vítima de agressão por parte de um pai de família no passado dia 30 de setembro.

Segundo avançado pelo Dailymail, o pai terá agredido e castrado o padre depois de saber que a sua filha de nove anos tinha sido alvo de abusos por parte do mesmo.
Terá sido a ex-mulher do homem a informar dos abusos que a sua filha tinha sofrido, segundo avançou o procurador Nqwelo.
Os pais da menina procuraram juntamente com um amigo o padre, Mase Malgas, e invadiram a sua casa, com a intenção de se vingarem, segundo foi revelado em tribunal.

Nqwelo revela que o pai, cujo nome não pode ser revelado, agrediu violentamente o padre, antes de lhe cortar o órgão genital.
Não chegou a completar por completo a castração ao homem, que ainda ficou com o órgão genital ligado ao corpo, no entanto com feridas muito graves.
Após as agressões, o trio levou-o para a esquadra na proximidade com esperanças de que fosse detido.

As autoridades chamaram de imediato uma ambulância, mas o homem acabou por perder a vida no hospital.
Depois de terem realizado exames médicos à filha do casal, os médicos confirmaram que foi abusada, no entanto ainda não há provas suficientes que indiquem que o crime foi realizado pelo padre de 66 anos, segundo revela Lundi Nqwelo.

O pai da criança foi detido esta semana, e terá de enfrentar a justiça pelos crimes praticados, o que gerou fortes reações na comunidade de East London, a sexta cidade mais populosa da África do Sul.
Os tribunais aguardam agora pelas provas de DNA, que serão fundamentais para o caso.
Se o padre for considerado culpado, a defesa do pai ganhará força.

O juiz Joel Caesar disse que estava proibido de libertar o pai porque o tribunal estaria a quebrar as leis.
No entanto mostrou grande simpatia com o pai da filha, mas defende que nunca se deve fazer justiça pelas próprias mãos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad